terça-feira, 29 de abril de 2014

Dia 9: 2011 - Defenestra (Pequena Morte)


O Disco de Hoje eu ouvi em homenagem ao meu grande amigo, Zito Franco, que está de aniversário de hoje (vocalista, guitarrista e compositor). Ouvido, eleito o Disco de Hoje, por sua beleza, leveza, qualidade e alto astral.

Pequena Morte existe desde 2008 e tem um estilo muito próprio de ska, segundo eles mesmos, "abrasileirado, autoral e pouco ortodoxo". O álbum "Defenestra" conquista logo na primeira audição os arranjos limpos de guitarras, trombone, bateria, baixo e percursão. Música para pedalar, "gastar as solas do sapato", namorar ou simplesmente relaxar. Remédio infalível para a depressão de segunda-feira. Experimente colocar uma criança de menos de 4 anos para ouvir e veja o que o disco faz com ela, vai começar a pular e dançar alucinadamente.

Vale comentar a "presença de palco" dos caras, a sintonia com o público que faz com que ninguém fique parado em seus shows. Contagiante. Em Belo Horizonte, show do Pequena Morte é a certeza de uma noite festiva, gente bonita e boas vibrações.

Do Disco de Hoje, gosto de todas as faixas. Acho belíssima a "Xamorrê", bem tranquilinha e gosto muito de "C.V." que muito bem arranjada, linda poesia, com transições entre um sambinha bem gostoso e um ska animado. "Bom" também me chama a atenção, com seu pandeiro bem tocado, impossível não dançar. 

O disco completo pode ser baixado gratuitamente no site da banda: http://pequenamorte.tnb.art.br/

Degusta abaixo o videoclipe muito bacana de "Bom".