quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Dia 53: 1964 - O LP (Os Cobras)

O Disco de Hoje é um jazz de muitíssima qualidade, com o famoso gingado brasileiro. Sob o comando do trombone de Raul de Souza, "Os Cobras" possuem apenas este disco, que apresenta uma gravação exclusivamente instrumental de músicas de diversos autores. 

Muito difícil encontrar informações sobre o grupo, talvez devido à sua curta trajetória, e mais difícil ainda descrever. Mas o disco é virtuosismo do começo ao fim, com todos os instrumentos e ritmos "quebrados", bem característico da bossa jazz que se fazia naquela época.

Eu começaria ouvindo a segunda faixa, "Nanã", de Moacir Santos, que é empolgante, '"digerível" e com um refrão que gruda na cabeça. "Uganda" também é um espetáculo.

Dá uma degustada aí no tube ou adquira imediatamente O Disco de Hoje.