sexta-feira, 15 de maio de 2015

Dia 69: 2006 - 11:11 (Tita Lima)


O Disco de Hoje traz mais uma da série das mocinhas paulistanas de canto fácil, suave e apaixonante. Este é o primeiro album solo da Tita Lima, com muitas composições suas e grandes parceiros como Apollo 9 e Cyro Bittencourt. Maravilhosamente arranjado e muito bem acompanhada, o que era de se esperar da filha do Liminha, ex mutantes e um dos produtores mais badalados do Brasil.

Temos algumas músicas que não são dela, como uma surpreendente releitura de "Dias de Janeiro" (Otto), que pouco se parece com a versão original, e que está belíssima.

Adoro o balanço de "Catatônica". Mas uma das que mais me encanta, em letra e arranjo, é a bossinha "Maremorso", bem como o jogo de palavras do título da música. 

"Traz um alívio" não alivia, machuca. "Podia até me equilibrar. Mas quanto mais subia, mas frio sentia. De novo tudo vira vício. Eu tava atrás do desapego, até você chegar."

O disco começa e termina em alto astral, com "A conta do Samba" no início, "Molho Ble" e uma versão animadíssima do "Essa moça tá diferente" do Chico fechando.

Dá uma olhada no clipe aí do youtube, ou adquira já O Disco de Hoje.